OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quinta-Feira, 20 de Junho de 2024

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

OTB solicita ao Presidente da República auxílio-emergencial para RS

Luna, Presidente Nacional da entidade, participa hoje de reunião com Ministério Público do RS, sobre o Desastre Climático. Foto: acervo OTB

Por Franklin Ataide dia em OTB no Brasil

OTB solicita ao Presidente da República auxílio-emergencial para RS
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador - Porto Alegre

Foi formalizada hoje (13), solicitação da OTB – Ordem dos Trabalhadores do Brasil, junto à Presidência da República, que trata da concessão de auxílio-emergencial para a população do Rio Grande do Sul, assolada pelo pior desastre climático da história.

Por tratar-se de solicitação de entidade de representação de âmbito federal, ela seguirá os trâmites legais para a avaliação tanto do governo, quando da Câmara dos Deputados.

Sobre o assunto, Anderson Luna, Presidente Nacional afirmou que “a hora é de urgência. São milhares de pessoas que estão em condições precárias, que certamente piorarão com o passar dos dias. São empresários que não terão como pagar os salários dos funcionários, o que provocará uma enorme crise econômica no estado. São lavouras, empresas, galpões destruídos que deixarão de gerar renda. É preciso que o estado assuma, com urgência o papel de salvaguarda dessas pessoas e é disso que trata nosso pedido”.

Anda hoje (13), às 14h, o presidente Luna participará, de reunião convocada pelo Sr. Procurador do Trabalho, Dr. Luiz Alessando Machado, do Ministério Público do Trabalho da Procuradoria de Porto Alegre, sobre a criação do GRUPO DE TRABALHO REGIONAL DESASTRE CLIMÁTICO DO RS – MAIO DE 2024, que tratará das ações que serão realizadas.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//