OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil        Quinta-Feira, 20 de Junho de 2024

OTB - Ordem dos Trabalhadores do Brasil - Trabalhando pelos direitos dos Trabalhadores

OTB prega redução de impostos para empresas

Medida pode aumentar gerar empregos e resolver problema tributário. Foto: acervo OTB

Por Paulo Campos dia em OTB no Brasil

OTB prega redução de impostos para empresas
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Agência Trabalhador – São Paulo

Em palestra na sede da OTB – Ordem dos Trabalhadores do Brasil, hoje (05), em São Paulo, para afiliados, empresários e convidados, o Presidente Nacional da entidade, Anderson Luna, apresentou propostas para o crescimento do país, estados e municípios.

“Acreditamos na participação de toda a sociedade para construção de um Brasil melhor para nossos filhos”, afirmou Luna.

Entre outras propostas, se destacou a ideia de redução pontual de impostos, paulatinamente, para diversos ramos da economia.

A proposta, que partiu de estudos econômicos promovidos pela entidade e que já vinha sendo discutida desde antes da epidemia do covid-19, ganhou força com a mudança no jogo político e com a abertura econômica.

Ponto principal é a redução pontual de impostos que funciona como mola propulsora da economia ao reduzir impostos de maneira drástica de apenas um setor da economia (de cada vez).

“Como exemplo,” disse Paulo Campos, Vice-Presidente Nacional, “se reduziria impostos da construção civil, inclusive insumos. Acreditamos que o aumento na venda de material de construção, junto com o incremento na construção, oferta e comercialização de imóveis gerará efeito cascata capaz de impulsionar toda a economia”, completou.

Gabinete de gestão

A redução pontual de impostos é proposta da OTB que precisa, antes de ser implantada, de debate tripartite com a sociedade, técnicos e governo. Com potencial de incrementar rapidamente a economia, pode ser aplicada de maneira controlada e paulatina, contemplando tantos setores econômicos quantos forem possíveis em cada leva, com possibilidade ainda de retorno aos níveis anteriores caso haja qualquer problema na execução.

Luna também ressaltou que o controle por parte do governo é de fácil execução e acompanhamento, com amplas maneiras de ajuste possíveis para equilibrar contas, arrecadação e fomento.

“Acreditamos que a formação de um Gabinete de Gestão seja a melhor maneira do governo acompanhar e ter agilidade nas medidas, que, certamente, impulsionarão a área afetada. Com redução drástica de impostos e acompanhamento. Educação, saúde, segurança, empregos, desenvolvimento, logística, todas áreas poderão ser, a seu tempo, contempladas e encaminhadas na direção do crescimento”.

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

//